Prefeito Caça Níquel espalha pardais em toda a cidade para tentar elevar arrecadação de Imperatriz


Depois de vetada pela Câmara Municipal a famigerada Faixa Azul, projeto de Assis Ramos para se cobrar estacionamento de quem para os carro em via pública, o prefeito de Imperatriz arrumou uma outra forma de arrancar mais dinheiro dos contribuintes, uma verdadeira operação caça níquel para tentar equilibrar as contas públicas.

Ano passado denunciamos que a arrecadação de Imperatriz que sempre foi superavitária tinha se tornado deficitária, devido a péssima administração de Assis Ramos que apesar de ter recebido a prefeitura com recordes de arrecadação graças a instalação de grandes empresas da região, em pouco tempo conseguiu transformar uma prefeitura rica em DEVEDORA, hoje em dia inclusive conhecida na região como CALOTEIRA, tendo passado diversos constrangimentos como a COBRANÇA PÚBLICA EM OUTDOOR, caso também noticiado aqui, o recolhimento dos veículos da prefeitura por falta de pagamento outro caso noticiado aqui, dentre vários de conhecimento público. Nestes 4 anos caóticos da administração de Assis Ramos a máquina pública INCHOU, escândalos de corrupção frequentemente são denunciados pelo Ministério Público, e apesar de gastar muito mais hoje em dia, essa "GASTANÇA" sem limites não se reverteu em benefícios para a população.

O prefeito Assis Ramos perdeu o controle da gestão gastando demais, sem fazer absolutamente nada pela população e diante de um ano de eleição precisa desesperadamente repor o caixa para tentar realizar algumas obras aos 45º do segundo tempo para tentar recuperar seu capital político e diminuir a sua rejeição comparada apenas aos piores dos piores que já passaram por ali.

O problema é que nesse desespero ASSIS RAMOS toma decisões que prejudicam ainda mais a sua já desgastada imagem, dessa vez o prefeito espalhou pardais por toda a cidade, controles de velocidade, inclusive em regiões que sequer tem registrado acidentes, com o objetivo claro de "ARRECADAR".

Não temos ainda informações sobre qual modalidade de licitação a empresa ONCABO ganhou o contrato com a prefeitura, não podemos afirmar quanto custará aos cofres públicos e nem tão pouco se o pagamento da mesma será por produção, ou seja, quanto mais multas geradas mais ela recebe. O que podemos afirmar é que a cidade encontra-se abandonada e precisa de obras de infraestrutura, as ruas estão todas esburacadas como nunca antes visto, os alagamentos e inundações pioram a cada ano por falta de investimentos e manutenção, a Av. JK por exemplo próxima ao Planalto recebeu 2 equipamento de controle de velocidade, no entanto o bairro Planalto passa as vezes mais de uma semana sem recolhimento de lixo, a falta dágua é comum, as ruas na maioria são de terra e estão horríveis e as poucas asfaltadas estão esburacadas. A impressão que fica é que o bem estar da população vem em segundo lugar, que em primeiro lugar é "ARRECADAR".

O problema é que se arrecada, arrecada e nada é feito pela população que sofre na buraqueira, sem água, sem asfalto e saneamento básico, a cidade tem um sistema de saúde caótico, com péssimo atendimento, prefeito COBRE MAS FAÇA ALGO PELA POPULAÇÃO QUE O ELEGEU!