Porque tantos golpes na América Latina?


Que o mundo vive um momento de intolerância e conservadorismo,é um fato! Historiadores e intelectuais atribuem as longas décadas de paz no mundo ocidental a essa onda "reacionária e conservadora", os comunistas atribuem ao crescimento da força popular e a luta pelo fim da desigualdade, já a direita conservadora alega que a corrupção da esquerda e o fracasso da união soviética mostram ao mundo que o comunismo é um erro!

A verdade é que empresas multinacionais e elites poderosas tradicionalmente dominadoras do mercado mundial vem perdendo espaço mundialmente para pequenas economias, e países tradicionalmente submissos e frágeis economicamente vem se desevolvendo e engrossando a voz junto a especulação financeira mundial, se submetendo cada vez menos a economia americana.

É o fim do comunismo? Rússia tem crescido mais que muitos países apesar da crise e hoje a China obriga o presidente americano ao diálogo e a ceder, afinal além de maior potência econômica do mundo apesar dos pesares, a China também é talvez a maior potência militar, se não em armamento sem dúvida em tropas militares. O que mudou então? Os nomes das peças desse tabuleiro complexo do domínio econômico mundial, mas o equilíbrio permanece entre "capitalismo" e "socialismo", "direita e "esquerda".

Nesta disputa mundial, com equilíbrios nítidos nos principais continentes a América Latina vinha destoando do resto do mundo numa crescente rumo ao comunismo e isso há anos incomoda os EUA, que durante muito tempo achou que deveria intervir primeiramente no Oriente Médio e Ásia subestimando a força política da parte latina das Américas e quando se voltou seus olhos para ela viu um manto vermelho no quintal de sua casa e isso não os agradou.

Há 4 ou 5 anos americanos e aliados com gestos coordenados e calculados começaram a intervir em todos os países, e principalmente no Mercosul, mas os países latino americanos continuavam a crescer e elevar o tom, foi então que americanos viram que não seria tão fácil quanto antes retomar o controle econômico desses países cada vez mais independentes economicamente e ameaçadores aos planos mundiais de colonização americana ou de escravidão econômica, cada um pode enxergar da maneira que melhor lhe convier. 

O fato é que americanos precisaram mudar a estratégia e agir na sociedade primeiro e o fizeram utilizando da tecnologia, da ciência social e comportamental, para isso, ao ponto de até pessoas esclarecidas e estudadas duvidarem disso e se submeterem e até desejarem regimes autoritários, os mais corruptos e violentos da nossa história, mas que sempre foram os mais fáceis de serem controlados pelos americanos. 

Historicamente EUA tem ligações com golpes militares em todo mundo, mas infelizmente boa parte da população desconhece este fato. E o que acontece quando os americanos tem êxito? Depois dos país destruídos por guerras civis e crimes contra economia, este países tendem a se revoltar contra eles e os culparem, e exemplos não faltam, a CIA interviu durante décadas no regime cubano, o Oriente Médio como um todo, Nicarágua, etc... Muito dos países que hoje os americanos dizem que são controlados por terroristas são ex-aliados que os EUA armaram e alimentaram suas guerras!

Vejo com muita preocupação o que vem acontecendo na Venezuela, Colômbia, Bolívia, Chile e Brasil, para os sociopatas defensores da ditadura e do ultra conservadorismo não estou aqui defendendo ideologia política e sim a DEMOCRACIA, até porque não creio em ideologias filosóficas e sim na ação prática de líderes altruístas que colocam o povo na frente de suas vaidades, afinal historicamente as grandes nações foram erguidas por grandes homens com o apoio popular e não de acordo com a cor de sua bandeira.

Acredito que somente no dia que combatermos os privilégios e a desigualdade diminuiremos o sofrimento mundial, mas sou pragmático suficiente para entender que alcançar a soberania de uma nação depende mais do que Filosofia e Boa Vontade, tendo a História inclusive como referência que as grandes "DEMOCRACIAS" mundiais pagaram um preço muito alto a custa de muito sangue inocente!

Sinceramente como brasileiro, pai de família e ser humano espero que essa onda de INTOLERÂNCIA MUNDIAL, cesse antes de uma Grande Guerra e que Deus toque nossos corações para que todos voltemos ao diálogo, respeito as diferenças e principalmente ao Pensamento Crítico e Questionador! 

Duvide de tudo que leia ou ouça, questione!

11 de Novembro de 2019


Só passando para lembrar..
Nem todo mundo que expõe o intervencionismo e exploração americana é comunista, muitas vezes são apenas PATRIOTAS!