Pé de Pato tem a menor rejeição dentre os principais candidatos de Imperatriz


Nossa revista digital acompanhou a execução de pesquisa eleitoral realizada em Imperatriz nos dias 17 a 20 de Outubro com uma amostra de 1230 pesssoas com margem de erro de 3%. A pesquisa coloca em cheque pesquisa divulgada que apontava Zé Carlos o "Pé de Pato" com enorme rejeição e no entanto nesta pesquisa com o mais do dobro de entrevistados da pesquisa anterior que afirmava que Pé de Pato estaria com 30% de rejeição, afirma sem margem de dúvidas que ele é na verdade quem tem menos rejeição entre os 5 primeiros candidatos!

Vejam a declaração da responsável pela empresa:

"A pesquisa não deixa dúvidas sobre o cenário, fizemos a maior amostra já coletada na região, perdendo apenas para nossa amostra anterior de Junho com com mais de 1500 pessoas, nessa 2ª amostra coletada, confirma que dentre os 5 primeiros Pé de Pato tem a menor rejeição de todos."

O que vc tem a dizer sobre a pesquisa de outro instituto que afirmava Pé de Pato com maior rejeição em torno de 30%

" Sinceramente existem coisas que não conseguimos entender como podem acontecer, a amostra da pesquisa que você citou foi muito pequena, margem de erro alta, mas mesmo com a margem de erro alta, um número desse porte não se justifica. Nas nossas pesquisas é algo inaceitável os números divulgados. Ano que vem será ano eleitoral, acredito que terão mais critérios com a obrigação do registro das pesquisas, até lá poderemos ver esses absurdos!"


Abaixo o resultado sobre a rejeição:


Na pesquisa que tivemos acesso quem na verdade lidera a rejeição é o atual prefeito Assis Ramos, com fortes críticas da população a sua administração, seguido por Sebastião Madeira com 17,73% apontado na pesquisa como ultrapassado e em seguida Ildon Marques com 9,86%. Zé Carlos que está entre os 5 mais votados para Prefeito aparece com apenas 6,05% de rejeição, já Marco Aurélio vem com 7,23% de rejeição.


Nos próximos dias divulgaremos o resultado da pesquisa Espontânea e Estimulada para Prefeito, mas podemos dizer que não existe nenhum favorito a vencer as eleições municipais que estão indefinidas com pelo menos 3 candidatos empatados tecnicamente em 1º lugar e do 5º ao 1º com chances reais respeitando a margem de erro da pesquisa.