Os valentões da ignorância - Itália maior número de mortes, EUA epicentro incontrolável e o Brasil...


Desde o início da Pandemia 3 líderes mundiais tentaram ridicularizar as preocupações dos cientistas especialistas e da Organização Mundial de Saúde, chamaram de gripizinha, viruszinho, modinha, histeria da imprensa e muito mais.

Itália - O prefeito de Milão preocupado com a perda de arrecadação e queda do turismo chegou a elaborar um comercial que passava diariamente em todos os canais de sua cidade dizendo: MILÃO NÃO PARA! O resultado foi catastrófico milhares de mortes, Milão é líder em número de casos e mortes, colapso do sistema de saúde que provocou várias mortes como efeito colateral a super lotação dos hospitais pelas vítimas do CORONAVIRUS. Nesta sexta-feira dia 27 de Março, o prefeito de Milão foi a rede nacional pedir PERDÃO, assumiu que errou ao não pedir para a população que não ficasse em casa, hoje a Itália tem mais de 80.000 pessoas contaminadas, com mais de 9000 mortos pelo COVID-19, além disso especialistas acreditam que cerca de 3000 pessoas morreram como efeito colateral do colapso do sistema de saúde, pois na opinião dos especialistas estas pessoas em situações normais poderiam ser salvas.

Estados Unidos - Trump - O presidente Trump foi outro que tripudio do coronavirus e subestimou seus efeitos, e o resultado foi ainda mais catastrófico, hoje os EUA apesar de ter tido seu início mais de 40 dias após a Itália já é líder de casos com mais de 85.000 casos confirmados e já tem mais de 1000 mortos. Trump visando a economia sempre foi contra o recolhimento social, quarentena e demais medidas, usou das redes sociais e dos veículos de comunicação para pedir aos americanos que continuassem com suas vidas normalmente e os EUA vivem segundo os especialistas o pior cenário mundial da pandemia, o vírus está fora de controle, as instituições de saúde despreparadas e não tem exames suficientes para o enorme número de contaminados, especialistas prevem mais de 30mil mortos nos EUA e cerca de 500.000 contaminados.

Brasil - Bolsonaro Atleta - No Brasil seguindo a linha dos valentões ignorantes líderes de Itália e EUA, Bolsonaro menosprezou o coronavirus, mesmo sendo suspeito de estar contaminado foi as ruas e teve contatos com centenas de Brasileiros, estimulou aglomerações de pessoas e até convocou manifestações em todo país desprezando as recomendações da OMS. O Brasil teria a grande vantagem do distanciamento da pandemia e poderia ter se preparado com hospitais de campanha usando o exército, poderia ter fechado mais cedo suas fronteiras, preparado testes de covid-19, e estimulando a produção de alcool em gel, máscaras e luvas, mas o presidente de forma irresponsável permaneceu INERTE, na verdade fez ainda pior, diminuindo a importância do recolhimento social e da força do vírus. O resultado é desastroso faltam materiais esseciais a profissionais de saúde, hospitais das grandes cidades estão lotados impedidos de atender outras emergenciais, faltam testes de confirmação da COVID-19, DENTRE MUITOS PROBLEMAS.

Diante de tantos problemas, MORTES e críticas, o governo levanta a bandeira de DEFENSOR DA ECONOMIA, mais uma atitude de campanha política, num projeto de perpetuação de poder e doutrina político-partidária, Bolsonaro teve a insensatez de ir para rede nacional para diminuir os efeitos do COVID-19, tendo inclusive a estupidez em comentar que por ter sido "atleta" estaria imune ao coronavirus, o que não é verdade.

Mas qual é a verdade?

hoje o mundo tem em torno de 500.000 pessoas infectadas, mais de 30 mil mortes e a pandemia está longe de atingir seu pico segundo a OMS. E no Brasil? a previsão é de que tenhamos 50.000 contaminados nos próximos 15 a 25 dias e mais de 6000 mortes.

Porque Bolsonaro tentou impedir a população de fazer recolhimento social, o Brasil antes da pandemia vivia um péssimo momento econômico com Bolsas em quedas diárias, dólar subindo cada vez mais com índices recordes, desemprego retornando e o pior PIB da história, dito isso, uma paralisação do país iria agravar ainda mais a crise econômica, e usando de suposições matemáticas e especulações sem base científica tentou convencer a população que a crise econômica mataria mais do que a pandemia e geraria uma crise ainda mais longa.

Mas qual a verdade? 

A verdade universal é que 1 vida vale mais do que qualquer índice ou meta econômica. A verdade é que a grande maioria dos que são contra o confinamento são empresários e pessoas distantes dos grupos de risco, seja por serem privilegiados politicamente/financeiramente ou por acharem que sua faixa etária e histórico médico os deixam fora de risco, o que não é verdade, afinal o COVID-19 apesar de matar em sua maioria crianças e idosos, tem matado muitas pessoas entre 20 a 40 anos que não possuem doenças pré-existentes e teoricamente fora de risco. O vírus é letal, pode ser tratado mas requer tempo e dedicação e devido ao grande número de casos isso torna-se quase impossível, além disso o que Bolsonaro ainda não entendeu é que a pandemia leva milhares de pessoas aos hospitais provocando colapso do sistema de saúde provocando outras mortes por outros motivos qualquer do cotidiano normal de qualquer cidade, estado ou país.

Mas se os cientistas do mundo estão alertando porque Bolsonaro não ouve os especialistas?

Ninguém é obrigado a entender de tudo. frase muito dita por Bolsonaro na campanha

Irei me cercar de pessoas competentes que irão me orientar a tomar as decisões. outra afirmação comum de Bolsonaro no período de campanha em entrevistas e discursos públicos

Infelizmente não é isso que está acontecendo, Bolsonaro tem ignorado tudo que o Ministério da Saúde vem dizendo, e colocando o seu Ministro da Saúde numa verdadeira saia justa. Registre-se que o Ministro da Saúde parece ser o único neste governo que sabe o que faz, sério, competente e compromissado com a vida humana tem cortado um dobrado para tentar diminuir os impactos das declarações infelizes do presidente.

Mas porque Bolsonaro não ouve os especialistas? Essa resposta é complexa, e não é somente culpa da ignorância do presidente que não possui qualquer formação acadêmica. O presidente da república recebe pressões de todos os lados, são pressões políticas e econômicas que realmente deixam qualquer ser humano com os nervos a flor da pele, e alguém com o perfil de ansiedade de Bolsonaro causa ainda mais estrago, que para se livrar da pressão é capaz de fazer declarações como do seu último pronunciamento, ignorando relatório da OMS, do SUS e da própria ABIN realizado por seu guru General Heleno. Bolsonaro cedeu as pressões sobre a crise econômica que estamos passando e que irá se agravar muito com o coronavirus. O presidente errou e colocou a vida de milhões em risco com sua declaração desastrosa que só nao teve efeito ainda mais grave porque toda a sociedade de imediato repudiou suas palavras, somente encontrando apoio nos seus semelhantes seja pela ignorância, sejam pelos interesses ou por simples apoio político-ideológico. Mas até seus aliados promoveram fortes críticas ao presidente,, o vice presidente tentou diminuir os efeitos destrutivos de seu pronunciamento mas sem sucesso. Bolsonaro mal orientado pelo Paulo Guedes e Olavo de Carvalho disparou em seus grupos e redes sociais deturpações do crack da Bolsa em 1930 nos EUA afim de justificar suas preocupações e tentativas de minimizar os efeitos do coronavirus, o que é no mínimo DESONESTO E IRRESPONSÁVEL, afinal os EUA de 1929/30 são totalmente diferentes do BRASIL E DO MUNDO DE 2020, sem falar que todas as variáveis são distintas. Além disso qual o valor da vida humana? porque com certeza a vida do seu pai ou sua mãe vale menos pra Bolsonaro do que as eleições em 2022 por exemplo ou índices positivos na Bolsa.

A realidade dos fatos é que hoje o presidente da Itália e EUA foram obrigados a admitir que ERRARAM em não apoiarem o recolhimento social e isso custou a saúde e a vida de milhares de pessoas e sequer sabe-se quando isso irá acabar.

Bolsonaro precisa fazer o que prometeu na campanha e ouvir seus especialista, Paulo Guedes para alguns é um economista para muitos um especulador, jamais um médico. Olavo de Carvalho é caso de internação, basta dizer que é terraplanista. Mandeta é competente e tem demonstrado ser um profissional competente e equilibrado, então presidente deixe o homem trabalha, afaste-se, recolha-se na sua ignorância e tenha responsabilidade do cargo, não fale mais sem pensar porque isso pode causa a morte de milhares de pessoas.

O ministério da saúde previu que o pico da pandemia no Brasil será em 30 dias mas não soube dizer quantos mil contaminados e mortos, o estranho dessa declaração é que segundo os especialistas primeiro se faz um cálculo de contaminados e consequentemente a quantidade de mortos. A declaração do técnico do SUS pareceu ter sofrido uma censura, orientação para focar em pontos positivos e esquecer os negativos, mas por ela ter sido tão vaga gera pouquíssima credibilidade, afinal cálculos são feitos com números e jamais com especulações.

Os meses de Abril/Maio devem ser os meses de pico da doença, muitos especialistas apontam para mais de 50mil contaminados e cerca de 5 a 8mil mortos, os mais pessimistas acham esses números irreais pois foram baseados em realidades muito distantes das nossas, sejam do ponto de vista cultural ou estrutural e preveem cerca de 170mil infectados e 25000 mortos. A verdade que somente saberemos quando isso tudo acabar, agora é hora de ficarmos em casa, na segurança de nossos lares e evitarmos o máximo irmos as ruas. Cabe ao governo permitir que todos fiquem na segurança de suas casas, medidas para incentivo da economia e até de subsídio a autônomos, desempregados e população em geral. Empresários devem re-inventar seus negócios e adequarem ao momento, grandes empresas e bancos devem imediatamente dar retorno a sociedade que os tornou ricos e donos de grandes fortunas. 

O Brasil precisa se unir em solidariedade e responsabilidade, não é momento de mesquinharia, disputa político-partidária e a ganância deve ser repudiada. Nada vale mais que a vida, pois a vítima de amanhã pode ser alguém que você ame, compartilhem amor solidariedade, auxiliem os profissionais de saúde, pois eles são os que mais trabalham, mais sofrem e morrem neste momento tentando salvar a vida de todos.

SIGAM O CONSELHO DE BOLSONARO QUANDO ELE ESTAVA EM CAMPANHA, OUÇAM OS ESPECIALISTAS IGNOREM OS POLÍTICOS, EMPRESÁRIOS, GRUPOS DE WHATSAPP, ETC...

SIGAM AS RECOMENDAÇÕES DA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE! O MINISTÉRIO DA SAÚDE E DEMAIS SECRETARIAS ESTADUAIS E MUNICIPAIS DE SAÚDE.

QUE DEUS NOS ABENÇOE E ESTENDA SUAS MÃOS MISERICORDIOSAS SOBRE O BRASIL.

E BOLSONARO BRASIL ACIMA DE TODOS, LEMBRA? TODOS MESMO, INCLUSIVE DOS INTERESSES ECONÔMICOS!