Miss Universo se declara Lésbica


Swe Zin Htet, candidata por Mianmar ao Miss Universo 2019, foi a primeira concorrente na história do concurso a assumir a homossexualidade.  A declaração foi dada dias antes da final para a revista People. 

“Eu tenho uma plataforma que, quando eu digo que sou lésbica, terei um grande impacto na comunidade LGBTQI+ no meu país", disse.

Htet também desabafou: "A dificuldade é que lá (Mianmar) as pessoas não são aceitas. Elas são alvo de preconceitos de outras e são discriminadas”.

Quem venceu o concurso de Miss Universo 2019 neste domingo, 8, foi a candidata pela África do Sul, Zozibini Tunzi.

Swe Htet tem 21 anos e disse que a decisão de tornar pública a orientação sexual também é um divisor de águas em sua história. “É como se eu tivesse iniciando um novo capítulo da minha vida”, enfatizou.