CLOROQUINA NÃO SERVE PARA TRATAR COVID-19 AFIRMA UNIVERSIDADE DE MINESSOTA


MAIS UM ESTUDO AFIRMA QUE CLOROQUINA NÃO SERVE DE NADA PARA TRATAMENTO DO COVID-19, APÓS A CONCLUSÃO DO ESTUDO, AGORA DA UNIVERSIDADE DE MINESSOTA, ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SÁUDE ENCERRA DEFINITIVAMENTE A DISCURSSÃO E NÃO RECOMENDA O USO DE CLOROQUINA OU DE HIDROXICLOROQUINA PARA TRATAMENTO DE CONVID-19.

OS 6 ESTUDOS AFIRMARAM QUE A CLOROQUINA E HIDROXICLOROQUINA SÃO PIORES QUE PLACEBO, POIS PODEM CAUSAR OUTROS PROBLEMAS DE SAÚDE E GERAR EFEITOS COLATERIAS QUE PODEM AGRAVAR A DOENÇA.


Cientistas da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, publicaram estudo nesta quinta-feira (16/7) na revista Annals of Internal Medicine. Segundo a pesquisa, a hidroxicloroquina não beneficia pacientes com sintomas leves da Covid-19.

Por meio de um ensaio clínico randomizado, eles avaliaram 491 adultos com o novo coronavírus. Durante cinco dias, a metade dos pacientes recebeu tratamento com a hidroxicloroquina, enquanto os outros tomaram placebo.

A análise após duas semanas concluiu que não houve diferença significante na evolução da doença nos dois grupos. Para se ter uma ideia, a taxa de mortalidade foi idêntica: 0,4%.

Cerca de 24% do grupo que recebeu o tratamento com o fármaco tiveram sintomas durante os 14 dias, contra 30% dos que tomaram placebo. No primeiro grupo, apenas 2% precisaram ser hospitalizados, enquanto o segundo grupo foram 3%.