13 índios foram mortos no Maranhão em 3 anos e nenhum crime teve solução


Segundo, a Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH), O Maranhão tem um dos maiores índices de mortes de indígenas SEM SOLUÇÃO!

A entidade diz que a lei e as investigações só são celeres quando os crimes são praticados por indígenas, mas ao contrário terminam sem solução e insinua preconceito e prevaricação por parte dos entes públicos.

Já o Conselho Indígena Missionário (CIMI) lista as mortes do Maranhão

  1. José Dias de Oliveira Lopes (2016),
    Etnia - Guajajara, proximidade de onde ocorreu o crime - Terra Indígena Bacurizinho, cidade de Grajaú, descrição do crime - Corpo foi encontrado no Rio Mearim com sinais de estrangulamento
  2. Hugo Pompeu Guajajara (2016)    
    Etnia - Guajajara, proximidade de onde ocorreu o crime - Terra Indígena Cana Brava/Guajajara, na cidade de Barra do Corda, descrição do crime - Corpo foi encontrado com diversas mutilações
  3. Aponuyre Guajajara (2016)    
    Etnia - Guajajara, proximidade de onde ocorreu o crime - Terra Indígena Araribóia, na cidade de Amarante do Maranhão, descrição do crime - Assassinado a tiros por suspeita de participar de morte de não indígena
  4. Genésio Guajajara (2016)   Etnia - Guajajara, proximidade de onde ocorreu o crime - Terra Indígena Araribóia, na cidade de Amarante do Maranhão, descrição do crime - Morto a tiros e pauladas
  5. Isaías Guajajara (2016), Guajajara, Terra Indígena Araribóia, Amarante do Maranhão, Assassinado a facadas
  6. Assis Guajajara (2016), Guajajara, Terra Indígena Araribóia , Amarante do Maranhão, Morto a pauladas dentro da terra indígena
  7. José Queirós Guajajara (2016), Guajajara, Terra Indígena Bacurizinho, Grajaú, Corpo foi encontrado em açude com marcas de queimaduras causadas por fio elétricos
  8. Divino Guajajara (2016)    Guajajara    Terra Indígena Bacurizinho    Grajaú    Assassinado a facadas por não indígena
  9. Lopes de Sousa Guajajara (2016)    Guajajara    Terra Indígena Morro Branco    Grajaú    Corpo encontrado no Rio Grajaú com as orelhas e partes íntimas mutiladas
  10. José Colírio Oliveira Guajajara (2016)    Guajajara    Terra Indígena Cana Brava/Guajajara    Barra do Corda    Morto a tiros
  11. Fernando Gamela (2016)    Gamela    Terra Indígena Gamela    Viana    Morto a tiros nas margens da MA-040
  12. Sayrah Ka'apor (2017)    Ka'apor    Terra Indígena Alto Turiaçu    Centro Novo do Maranhão/Nova Olinda do Maranhão    Morto a golpes de faca
  13. Paulo Paulino Guajajara (2019)    Guajajara    Terra Indígena Araribóia    Bom Jesus das Selvas    Morto a tiros